6 x 5 para o Brasil

0
424

Cada um acompanhou como pôde; foi disputado, sofrido, demorado, nem sempre leal, mas o Brasil saiu vencedor. Ao menos daquela batalha, em 1938.

A partida Brasil 6 x 5 Polônia válida pelas oitavas-de-final da Copa do Mundo entrou para a história por vários motivos, ajudou a apresentar nosso futebol para o mundo e a revelar o nome de Leônidas da Silva, primeiro jogador brasileiro a marcar três vezes em um mesmo jogo de Copa do Mundo.

Por muitos anos a partida com maior número de gols em um jogo de Copa do Mundo (posto que perdeu para Áustria 7 x 5 Suíça – Copa de 1954), a disputa apresentou outras curiosidades:

– pela primeira vez o Brasil jogou de azul;
– Leônidas da Silva marcou o famoso gol de pé descalço;
– com quatro gols, Wilimowski foi durante muitos anos o jogador com mais gols marcados em uma única partida de Copa do Mundo – recorde superado apenas em 1994, por Oleg Salenko, com cinco gols na vitória por 6 x 1 da Rússia sobre Camarões;
– Wilimowski disputou apenas essa partida em Copas do Mundo;
– A Polônia tornou-se junto com a Suíça (Áustria 7 x 5 Suíça) a seleção com o maior número de gols numa derrota em jogos da Copa;

(*) Outras duas partidas posteriores também tiveram 11 gols: Hungria 10 x 1 El Salvador (1982) e Hungria 8 x 3 Alemanha Ocidental (1954).

Naquela Copa, o Brasil não seria campeão.