Archive for the ‘geral’ Category

Grandes Clássicos do Futebol

Posted by Ricardo Roca On julho - 14 - 2017ADD COMMENTS

Projeto em fase de captação de recursos via financiamento coletivo.

O projeto
Quem nunca esperou por aquele jogo contra o maior rival? Pois bem, quando se trata de futebol, um clássico é o ápice da emoção. “Grandes Clássicos do Futebol” reúne 10 dos maiores jogos com mais rivalidade do planeta, mostrando muito além do que acontece nas quatro linhas.

Mais do que a paixão pelo futebol, esse projeto surgiu com o propósito de trazer algo relacionado não apenas aos times, mas o confronto em si e curiosidades que envolvem cada história. No Brasil esse tipo de material é praticamente raro de se encontrar, ainda mais quando citamos equipes do exterior. Nem mesmo na internet o material encontrado pode ser confiável. Um trabalho de pesquisa de anos que culminou neste material único.

Mas para que o projeto possa chegar a todos os fãs de futebol, contamos com a sua colaboração nesse projeto de crowdfunding (ou a popular “vaquinha”), com participação que vai desde seu nome nos agradecimentos até receber o livro na sua casa ou a marca de sua empresa como uma das financiadoras do projeto.

O livro
Diferentemente do que existe em outros materiais, “Grandes Clássicos do Futebol” é um projeto inédito que reúne os principais jogos do futebol mundial e suas rivalidades em um só livro.

Além de conhecer as histórias das equipes, o leitor saberá os motivos que culminaram no início das rivalidades esportivas, indo muito além do futebol em si, englobando ainda fatos históricos e sociais.

Também são apresentados dados técnicos, jogadores que entraram para a história das equipes, grandes jogos, a influência de seus torcedores e até mesmo os estádios envolvidos nessas partidas.

Os clássicos abordados são:

Celtic x Rangers
Estrela Vermelha x Partizan
Roma x Lazio
Real Madrid x Barcelona
Palmeiras x Corinthians
Grêmio x Internacional
Nacional x Peñarol
Boca Juniors x River Plate
Galatassaray x Fenerbahce
Olympiacos x Panathinaikos

Para saber mais e/ou colaborar, acesse https://www.catarse.me/grandesclassicosdofutebol.

#livrosdefutebol
#futeboleliteratura

Share Button

Jovens jogadores e jogadoras de 64 países se reuniram para atuarem como embaixadores do programa. Os meninos e meninas de 12 anos foram dispostos em oito “equipes da amizade” internacionais. Os técnicos foram jovens jogadores de temporadas anteriores.

O Acampamento Internacional da Amizade ocorreu de 27 a 29 de junho. Treinadores jovens e jogadores de futebol famosos ajudaram a treinar os meninos e meninas para estabelecer relações entre equipes, aperfeiçoar sistemas táticos e ajudá-los a perceberem o apoio de outros membros da equipe.

No dia 1 de julho, os jogadores participantes da QUINTA TEMPORADA DO PROGRAMA SOCIAL INFANTIL INTERNACIONAL FUTEBOL PELA AMIZADE DA GAZPROM reuniram-se no Campo Esmeralda e demonstraram a convidados de todo o mundo que a amizade é possível independentemente do gênero, das capacidades físicas e da nacionalidade.

“Gosto de estar aqui. Na primeira vez fui jogadora, e desta vez sou uma jovem treinadora. Esta nova função é bem difícil para mim, porque preciso servir de exemplo à minha equipe e liderá-la. Tenho certeza de que o meu futuro vai ser relacionado ao esporte”, disse uma menina que atuou como treinadora.

Antes da “final da amizade”, o técnico da equipe de rúgbi em cadeira de rodas de São Petersburgo participou do sorteio.

O auge da parte competitiva da QUINTA TEMPORADA DO PROGRAMA SOCIAL INFANTIL INTERNACIONAL FUTEBOL PELA AMIZADE DA GAZPROM foi uma cerimônia de premiação muito especial para os finalistas. Os capitães das equipes entregaram uns aos outros medalhas, diplomas e prêmios especiais.

Jovens jogadores que não estavam participando da final fizeram uma série de amistosos para apoiar os valores do programa FUTEBOL PELA AMIZADE. Os jovens atletas receberam o apoio de Alexander Kerzhakov, maior artilheiro da história da seleção russa e embaixador russo do programa, e do técnico da seleção russa, Stanislav Cherchesov, além da primeira pessoa da União Russa de Futebol. Assistiram aos jogos mais de 200 jornalistas de importantes veículos de imprensa esportivos internacionais e representantes de federações de futebol.

Fonte: Global Press Center of the Gazprom FOOTBALL FOR FRIENDSHIP

Share Button

João Saldanha 100 Anos – 1917 / 2017

Posted by Ricardo Roca On junho - 13 - 2017ADD COMMENTS

Projeto em fase de captação de recursos via financiamento coletivo.

Pré-venda do livro “Os Subterrâneos do Futebol” de João Saldanha, o João-sem-medo, no ano de seu centenário. Lição de vida mesmo para quem não gosta de futebol!
JoaoSaldanha_VidaSegue
Este projeto – em homenagem ao centenário de João Saldanha (1917/2017) – está sendo elaborado por sua filha Sônia Saldanha e por Thereza Bulhões, sua terceira esposa. Trata-se da pré-venda para a reedição do livro “Os Subterrâneos do Futebol” – um clássico escrito por ele!

O livro foi escrito em 1963 – às vésperas do golpe – e nele, o “João sem medo”, conta tudo que acontecia nos bastidores do futebol. Misturando com sua biografia – rica em coragem, controvérsias e muito humor – o livro narra histórias impagáveis deste “grande circo do futebol brasileiro”. São crônicas que envolvem Garrincha, Nilton Santos, Zagalo e outros craques eternizados pelo futebol brasileiro!

Nascido em Alegrete (RS), Saldanha era considerado patrimônio do Rio. Foi treinador bissexto do Botafogo (campeão carioca de 1957) e da seleção brasileira (nas eliminatórias da Copa de 1970) e teve longa atuação como comentarista esportivo em rádio, TV e jornal. Foi o mais consagrado jornalista esportivo do país! Politicamente ousado e sem “papas na língua”, enfrentou até mesmo os generais da Ditadura!

O livro, escrito em estilo coloquial, como em uma conversa de botequim, deve ser lido por todos aqueles que amam o futebol, ou que consideram o futebol uma autêntica manifestação da cultura brasileira. Porém, por ser um livro histórico e ainda assim atual – e pelo Saldanha ser um grande exemplo de determinação – a sua reedição (pela Editora Lacre) tem um valor inestimável, mesmo para quem não é amante do futebol!

Para saber mais e/ou colaborar, acesse https://benfeitoria.com/JoaoSaldanha100anos.

#livrosdefutebol
#futeboleliteratura

Share Button

Os 50 Maiores Defensores da História do Futebol

Posted by Ricardo Roca On abril - 29 - 2017ADD COMMENTS

Projeto em fase de captação de recursos via financiamento coletivo.

O projeto

O livro “Os 50 maiores defensores da história do futebol” não contempla necessariamente os 50 melhores jogadores de defesa que já passaram pelo esporte. Primeiramente porque avaliar quesitos técnicos pode vir a ser um trabalho movido pela subjetividade. As memórias seletivas e afetivas fazem com que cada um possa criar sua lista e justificá-la com argumentos pessoais.

Além disso, alguém pode estar entre os maiores sem necessariamente estar entre os mais habilidosos, ou mais disciplinados, ou mais vitoriosos. A grandeza de um jogador pode estar atrelada a sua história de vida. Sua capacidade para enfrentar obstáculos e superá-los, seu profissionalismo, seu entendimento do jogo e por aí vai.
É importante dizer que alguns jogadores fazem parte dessa lista porque participaram de equipes que revolucionaram ou influenciaram no modo como o futebol é visto em todo mundo. Grosso modo, é como dizer que eles estavam no lugar certo e na hora certa, mas sem que isso diminua de alguma forma a participação que eles tiveram nos grandes feitos de suas equipes ou seleções. O catalão Carles Puyol, por exemplo, não foi melhor que Thiago Silva ou tantos outros que ficaram fora do livro, mas tem uma representatividade maior que os excluídos em diversos aspectos.

Igualmente importante ressaltar que a figura humana também teve grande influência na decisão dos escolhidos. Por mais que o jogador de futebol seja jogador muito mais que 90 minutos, ele não o é 24 horas por dia. Há um compromisso em mostrar as facetas que os profissionais não demonstram nos campos ou nas entrevistas coletivas. Saber como eles impactaram as sociedades nas quais viviam e sua importância fora dos estádios.

Para saber mais e/ou colaborar, acesse https://www.catarse.me/50maioresdefensores.

Share Button

#AtéoApitoFinal – O dia da honradez

Posted by Ricardo Roca On abril - 22 - 2017ADD COMMENTS

Hoje é dia de Palmeiras x Ponte Preta; Porco e Macaca já se enfrentaram mais de uma centena de vezes, até mesmo em final de Campeonato Paulista, mas nunca em um confronto como o de hoje. No jogo de ‘ida’, a Ponte engoliu o Verdão e abriu três gols de vantagem, tornando a tarefa do Palmeiras batante difícil, quase impossível para muitos.

Já mencionei por aqui que, apesar de tantas conquistas e vitórias heróicas, meu jogo inesquecível na história do Palmeiras rendeu uma desclassificação da Libertadores. Não é que leve tão a sério a frase de Barão de Coubertin, de que “o importante é competir”. Mais do que isso, verdadeiramente acredito, no futebol e na vida, que o que vale é a intenção, a disposição, a luta. Lamento pelos que não crêem e vêem assim.

Palmeirenses mais antigos, e já faço parte desse time, foram forjados com futebol técnico, com as Academias. A garra, no entanto, deve estar presente sempre, em times bons e ruins, em craques e em pernas-de-pau. Vencer, empatar ou perder são resultados possíveis, é do jogo; lutar e buscar o resultado a partida toda, o tempo todo, é do indivíduo, do grupo, é do Palmeiras. Os gols nos minutos finais de confrontos recentes mostam isso.

Hoje é dia em que separam-se os meninos dos homens, mas o time, o elenco, que ainda não rendeu o que pode, não estará sozinho; há uma massa de torcedores que se lembram a cada instante dos gols de Euller contra o Flamengo; de Evair e cia. contra o Corinthians em 93 e 94; das defesas (e do gol) de Fernando Prass contra o Santos; das batalhas contra o Corinthians nas Libertadores de 99 e 2000; contra Grêmio e Cruzeiro nos anos 90; do ‘gol espírita’ de Oséas contra o Cruzeiro; da reta final da Copa do Brasil de 2015, contra Fluminense, Internacional e Santos e de tantas outras jornadas.

BencaoAdemirJá tivemos Maluco, Matador, Mago, Animal, mais de um Maestro, uma Muralha, um Leão, um Santo, Jesus, o próprio “Pai da Bola” e uma infinidade de guerreiros, todos sob a benção do Divino. O resultado da partida? Esse é imprevisível, mas quem estiver em campo, além de integridade e respeito com o adversário, tem que ter sangue nos olhos, a faca entre os dentes e correr e jogar. Estaremos juntos, acreditando #AtéoApitoFinal.

Share Button